top of page

Use a sua fé para beneficiar os necessitados

“Vendo-lhes a fé, ele disse: ‘Homem, teus pecados estão perdoados’.” (Lucas 5,20)
Meus irmãos, este episódio do Evangelho narra aqueles homens que levaram um paralítico até Jesus, mas por causa da multidão que estava ali em volta da casa, não conseguiram, por isso abriram o teto para introduzir aquele paralítico.
E aqui é interessante: Jesus viu a fé do paralítico? Não! Jesus viu a fé daqueles homens, e vendo a fé deles, o Senhor curou aquele paralítico.
Meus irmãos, neste tempo do Advento, tempo de crescimento na fé, precisamos pedir essa graça a Nosso Senhor: de crescer na nossa maturidade com Ele, de crescer na fé, de crer cada vez mais n’Ele.
O Senhor mesmo já nos ensinou, no Seu Evangelho, que se nós tivéssemos fé do tamanho de um grão de mostarda, nós removeríamos uma montanha, uma árvore. Precisamos remover várias montanhas, várias árvores também no nosso tempo.
Aqueles homens tiveram fé e aquele homem foi beneficiado, aquele paralítico foi beneficiado por causa da fé daqueles homens.
Que a nossa fé nos ajude a movimentar os nossos irmãos paralisados pelo pecado
Meus irmãos, qual é a grande paralisia que o mundo tem sofrido se não é a descrença, a falta de amor ao irmão, ao próximo. Jesus viu a fé daqueles homens, viu a atitude deles e por isso concedeu a graça àquele paralítico.
Quais são os paralíticos que estão na nossa casa? Quais são os paralíticos que estão na nossa Igreja? Quais são os paralíticos da humanidade? Precisamos apresentar esses paralíticos a Jesus e a graça que eles mais precisam. Jesus já apontou: “Filho, os teus pecados estão perdoados”.
Jesus não curou o paralítico primeiro, mas primeiro curou o seu coração. A humanidade, os paralíticos que estão na nossa casa precisam, antes de tudo, não voltar a andar, mas precisam do perdão no coração, precisam se sentir amados por Nosso Senhor.
Meus irmãos, vamos apresentar a Jesus os paralíticos do nosso tempo, os paralíticos da humanidade, e que a nossa fé possa beneficiar a humanidade, que a nossa fé possa beneficiar os nossos irmãos e irmãs paralíticos.
O Catecismo da Igreja Católica, no parágrafo 29, diz: “A fé é a resposta do homem a Deus, que a ele se revela e se oferece, resposta que, ao mesmo tempo, traz uma luz superabundante ao homem que busca o sentido último da sua vida”.
A fé daqueles homens iluminou e “desparalisou” aquele homem. Que a nossa fé nos ajude a movimentar os nossos irmãos paralisados pelo pecado.
A bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!
 
Padre Márcio Prado
Sacerdote da Comunidade Canção Nova.
 
bottom of page